Tenha um ano incrível – Pergunte-me como

em 21 de dezembro de 2017. Categoria: Cotidiano Eu acredito nas pessoas

Eu amo as comemorações de fim de ano.
Por inúmeros motivos, mas especialmente por ter memória.

Todo fim de ano traz o Natal, os presentes e aquela nostalgia de dias que muitas vezes a gente nem viveu.

Na proximidade do fim de ciclo decidimos traçar metas e avaliar nossos resultados.
Não é preciso esperar o ano novo chegar para fazer algo novo, é verdade, mas existe algo nessa fase do ano que nos diz “E o que você fez?” e não é só a música da Simone.

Junte esse clima de melancolia, os boletos do novo ano chegando e uma mensagem que recebi ontem a noite: pronto! Habemus textão.

Geralmente, nessa época do ano as pessoas se desafiam, fazem listas e promessas.

Você se lembra o que prometeu no ano passado?

Eu me lembro!

Na lista do ano passado eu prometi que em 2017 seria uma pessoa melhor.

E que me perdoem os haters, se teve uma coisa que eu fui em 2017 foi melhor!

Mas, calma! Não vou ficar aqui falando quem em 2017 eu lancei livro, conheci muita gente bacana, viajei, fui uma mãe mais presente…

Vou só falar que o desafio não é ser a melhor pessoa. É ser melhor do que você é.

Ah, Deise…quem você é pra falar sobre isso?

Eu sou a garota que em outubro de 2016 estava pedindo ajuda dos amigos para reformar um carro 1984 e que em outubro de 2017 começou a dirigir um carro 1999.

Eu sou a garota que foi chamada publicamente de fracassada porque não tinha graduação e hoje estampa uma campanha publicitária da faculdade onde se formou.

Eu sou a mulher que foi chamada de louca, ameaçada de todas as formas e que hoje dorme tranquila na certeza que dá as pessoas que ama orgulho e felicidade.

Paguei muito boleto, sai do cheque especial, consegui fazer uma reserva financeira, investi no projeto que era o maior sonho da minha vida e vi meu terceiro filho nascer.

Lá estava ele: Do quinto andar.

Sendo o que ele sempre foi: um monte de ideias e histórias que são minhas mas que podiam ser de outras pessoas. E sabe o que é incrível? As pessoas compraram meu livro e entenderam que as minhas histórias poderiam ser as histórias delas também.

Do quinto andar nasceu pra que eu soubesse que todo o amor do mundo, está no meu mundo. Um mundo construído por quem me ajudou lá em outubro de 2016, vibrou comigo em setembro de 2017 e com certeza vai segurar a minha mão em um 2018 que vai ser inacreditável.

Talvez, não faça muito sentido pra você eu abrir um textão de fim de ano pra falar dos meus planos de ano novo, sendo meus planos tão abstratos, mas a verdade é que eu sei o que eu tô falando. 2018 vai ser foda. Confia em mim. Eu tenho um plano.

 

Tags: , , , , , , , , , , ,

  • Clarissa Zanetti

    Quanta evolução numa só pessoa. Ok. Sou a melhor amiga da quarta série e não tenho muita “moral” para falar e talvez algumas pessoas não entenderão, mas só quem ti conheceu há alguns anos atrás olha para aquele outdoor e sente um puta de um orgulho da mulher incrível que você se tornou! E com certeza 2018 será incrível para você!

---