Sobre o que é o teu livro?

em 15 de junho de 2017. Categoria: Desafios e Bençãos

Basta eu dizer que vou escrever um livro pra me perguntarem: “sobre o que é?” Então, eu digo que são crônicas e a pessoa me pergunta “sobre o que?”
Cada vez que isso acontece eu rasgo mentalmente todos os meus textos porque sinto que é como se eles fossem sobre nada. Ou sobre todas as coisas.
Pra tentar justificar minha obra eu digo que escrevo sobre as situações cotidianas, sobre o que eu vejo, sobre o que eu vivo e a pessoa pergunta “tipo uma biografia?”
Não é. Mas, também é.
Meu livro tem lágrima, tem sangue e tem suor. Tem medo, tem sonho, tem perda, tem insônia e tem muita fé e esperança.
É uma adulta olhando o mundo como uma criança deslumbrada, impressionada e sedenta pelas novidades que inevitavelmente os novos dias trazem. É uma criança tentando sobreviver a tentativas de emagrecer e pagar os boletos.
Meu livro vai morar na sessão de crônicas. Foi o que me disseram.
Eu não sei sobre o que ele é.
É sobre como eu sinto.
Às vezes é sobre mim. Às vezes é sobre quem eu amo. Às vezes é sobre aquela pessoa que eu vi no ônibus e que não pude dar nenhum recado. Essencialmente é um livro sobre a vida.
Não tem como explicar sobre o que é o meu livro sem ser bem cafona. Então, analisando o meu grau de intimidade eu tento me justificar com os futuros leitores.

 

escrevendo um livro, datilografando

Já vou pedindo desculpas pelo que vai ser publicado porque ali tem tanto de mim e de tanta gente que chega a ser assustador.
Sabe porque decidi escrever um livro? De vez em quando alguém agradecia meus textos e dizia “igualzinho a mim”.
Acho que acabei de encontrar a resposta certa! Quando alguém me perguntar sobre o que é meu livro vou dizer que é um livro sobre gente maluca. Igualzinha a você.

Tags: ,

---