Leveza

em 11 de Maio de 2017. Categoria: Sem categoria

Os cabelos estão desalinhados e sai de casa sem maquiagem. Visto a blusa que esconde minhas formas, bebo e falo palavrões.
Quem vê de longe ficaria chocado com esses modos tão pouco femininos, mas, eu só sou uma mulher que não está jogando charme.
Enquanto sou uma mulher disposta a viver devoro os pães, a carne e a bebida. Sinto o gosto. Ouço as risadas barulhentas. Dou meus gritos histéricos de euforia, de empolgação, de estranhamento e de inquietação.
Como brigadeiro direto do prato, e as calorias não me importam. Estou vestindo a blusa de um amigo, escondida no abraço do meu amado, o que mais pode importar?
Mais uma cerveja. Isso sim me importa!

---