Apadrastamento

em 31 de Maio de 2017. Categoria: Sem categoria

Meu filho caçula pergunta frequentemente o que meu namorado é dele.
No começo, eu não sabia muito bem como explicar, até que a resposta certa apareceu e passou a ser a de sempre: “ele é teu amigo, filho”.
Na correria diária e nas preocupações cotidianas, eu nunca imaginei que essa pergunta era porque meu filho queria ser muito mais que amigo do meu namorado.
Ontem, estávamos os três na fila para pagar os doces e com olhos vidrados de ansiedade pela resposta, meu filho perguntou: “Mãe, ele pode ser meu padrasto?”
Eu ri, meio nervosa. Eu não sei quando alguém vira oficialmente padrasto de alguém, e achei oportuno passar essa pergunta para o candidato.
E foi ali, na fila do doce que meu pequeno garoto, com a voz firme de quem sabe muito bem o que está fazendo, perguntou: “Você pode ser meu padrasto?”
Com um abraço apertado e um despentear dos cabelos o pedido foi aceito.
Eu os declarei enteado e padrasto.
Ainda consigo sentir o gosto do meu sorriso.

---